Cheryl A. Wicks com Ed e Lorraine Warren - Invocadores do Mal



Invocadores do Mal
Os investigadores de casos sobrenaturais que inspiraram os filmes Amityville, Invocação do Mal e Annabelle

Ano: 2016
Páginas: 280
Editora: Pensamento / DarkSide

Sinopse:
A médium clarividente Lorraine Warren e seu marido, o respeitado demonologista Ed Warren, estudaram, por mais de meio século, fenômenos paranormais ao redor do mundo. Seus casos inspiraram os filmes Invocação do Mal, Amityville e Annabelle. Esta obra reúne as cinco décadas de experiência em investigação de campo desse casal, juntamente com as suas perspectivas histórica, científica e religiosa, para revelar que até mesmo o que é considerado paranormal não pode ser ignorado, tem padrões de comportamento previsíveis e pode ser mensurado cientificamente. Por meio de milhares de palestras, estudos de caso e análise de cartas de clientes, eles revelam o que é conviver com fantasmas, poltergeists e infestações malignas, como investigá-los e solucionar seus mistérios.

O QUE ACHEI:
O que chamou minha atenção de cara, foi a capa. Sinistra, não é? Aquele plano de fundo nebuloso, a casa feia e velha perdida em meio a um campo -- parecendo abandonada -- e uma cadeira solitária em primeiro plano. Uma boa capa para amantes de leitura gótica e terror.

Mas talvez a capa não combine muito bem com o livro: Engana, parece um romance de ficção quando na verdade é um apanhado de estudos de casos "paranormais", digamos assim. Mesmo sendo não-ficção, o livro, que é até pequeno (280 páginas apenas, para tantos anos de estudos), é muito interessante.

O casal Ed e Lorraine Warren, ao longo de suas vidas, foram incansáveis perseguidores e "caçadores de fantasmas". Ed Warren foi veterano da Marinha na Segunda Guerra, depois policial, artista plástico e, finalmente, estudioso de fenômenos paranormais, dos quais a demonologia foi sua especialização -- tudo de forma autodidata.


Lorraine Rita Warren nascida em 1927, era médium clarividente e, segundo a biografia, via coisas que outras pessoas não viam. E tinha visões e premonições.

Casados, protagonizaram diversos casos onde atuaram juntos, ele como demonologista, ela como médium e sensitiva. Alguns de seus casos mais famosos: o caso Amityville --  aliás, esse foi um dos poucos casos em que eles pouca coisa conseguiram fazer, para ajudar a família afetada.

O casal Warren no filme "Invocação do Mal - 2"

Uma descrição do escritório de Ed:

"Do lado de fora do escritório de Lorraine, e ao pé da escada que desce ao porão, há um aposento mal iluminado e sem janelas. Grandes mesas formam um “T”. Um grupo eclético de cadeiras rodeia a mesa e espalha-se pelo cômodo. A decoração do local é do tipo “Halloween mal-assombrado”. Os artefatos refletem, além dos trabalhos dos Warren, também seu senso de humor. É aqui que muitos curiosos têm sido apresentados ao trabalho dos Warren, alertados quanto a seus perigos e esclarecidos pelas descobertas fascinantes reunidas ao longo de cinquenta anos de investigação paranormal.
Os visitantes mais curiosos do que nervosos vão se aventurar por um longo corredor repleto das dramáticas pinturas a óleo produzidas por Ed, retratando casas mal-assombradas. Na outra ponta desse túnel fica o Museu do Ocultismo dos Warren.
“Dizem que é um dos lugares mais mal-assombrados do mundo”, diz Ed a seus convidados. “A maior parte da coleção do museu foi usada para finalidades diabólicas, com efeitos terríveis... resultando em pessoas aleijadas, enlouquecidas ou mortas. Alguns desses artefatos ainda são perigosos.”
O salão em forma de L está repleto, do chão ao teto. Os itens vão de crânios, máscaras horrendas, esculturas perturbadoras e um caixão, a objetos de aparência benigna, um órgão e uma boneca de pano não tão inocente, confinada em uma vitrine de vidro. É junto à porta de saída desse aposento que Ed tem seu escritório.
Lá dentro há uma grande escrivaninha, rodeada por estantes que acomodam compêndios sobre o conhecimento ancestral da demonologia. Fotos de Ed com monges e exorcistas de expressão dura pontilham a pequena extensão de parede acima de sua escrivaninha. Gravações de áudio de milhares de entrevistas, feitas durante as investigações parapsíquicas ao redor do mundo, preenchem cada espaço possível [...] "Ainda assim, este não é um local sombrio. Foi aqui que Ed escreveu alguns de seus pensamentos mais pacíficos e inspiradores. É aqui que Ed tenta ajudar o máximo de pessoas que pode, e se esforça para distinguir entre os clientes que estão sendo sinceros e aqueles que são instáveis ou que apenas buscam atenção. Com uma xícara fumegante de café diante de si, ele se recosta em sua cadeira e ouve as fitas várias e várias vezes. É também aqui que Ed reza para pedir orientação e amparo."

Uma coisa interessantíssima no livro, é a assertiva do casal, que é católico, de que existem vários tipos de "infestações" paranormais, nem todas COMPLETAMENTE MALIGNAS, sendo muitas, apesar de parecerem terríveis e diabólicas, apenas a manifestação de fantasmas de pessoas falecidas, cujo destino incerto as prende na terra. Entretanto, muitas são efetivamente COMPLETAMENTE MALIGNAS, ou seja, são obras de espíritos diabólicos, e nisso eles apostaram toda sua vida e seu trabalho. Afirmam-no com a maior convicção e coragem.


Achei que nesse ponto, o casal Warren passa-nos através de suas narrativas uma grande força de caráter, uma grande sinceridade e uma tremenda força ESPIRITUAL. Muitos dos casos em que atuaram e que conseguiram afastar o Maligno, seriam facilmente um abismo de terror e tortura psicológica para muita gente com menos fé.

Esse trecho é muito importante:

"Quando me deito a cada noite, agradeço a Deus por tudo que me deu e por tudo que me dará. Peço a Deus que proteja àqueles que amo e a mim contra o mal que Lorraine e eu combatemos o tempo todo. A despeito de minha força interior, sei que somente Deus, os anjos e santos podem nos proteger do mal.Ser humano algum pode se opor sozinho ao diabo ou a um demônio. Como católicos, Lorraine e eu pedimos a São Miguel Arcanjo, Jesus Cristo, os santos e os mártires. Necessitamos que tudo o que for sagrado nos proteja e nos faça vitoriosos ante qualquer espírito do mal. Nunca seja tolo o bastante para pensar que tem poderes que podem vencer o mal. Você pode ter conhecimento; independentemente de suas crenças religiosas, porém, o poder vem do divino. Nunca, jamais, esqueça disso!Efésios 6:11: “Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes ante os ardis do diabo”.Assim, se Deus é poderoso, porque permite que diabos e demônios possuam pessoas? Bem, para começo de conversa, os seres humanos têm livre-arbítrio, e são eles que abrem a porta para as infestações malignas e as possessões. Mas, até certo ponto, Deus permite que isso ocorra, pois através do exorcismo Deus nos recorda que Ele sempre é mais poderoso do que qualquer espírito do mal."
Banner da editora DarkSide


Recomendo o livro, mesmo sendo, digamos assim, uma leitura "pesada" para pessoas sensíveis e impressionáveis, já que supõe-se que seja tudo real. Entretanto dá para tirar dele boas informações sobre o assim chamado "fenômeno sobrenatural", exorcismos, demonologia e infestações por fantasmas. 



Share:

0 comentários: