Indicação: Ceila Sarita Garcia, resenha de 'Mulheres da Bíblia'




Valeu pela resenha, querida amiga Ceila

Share:

1 comentários:

Ceila Sarita disse...

Fazia tempo que não me lembrava delas. Mas sempre gostei dessas mulheres. E Por serem personagens bíblicos impõem um respeito (imaginem então na cabeça de uma criança, na época...) quase beato, mas você trouxe a simplicidade da mulher, da esposa, da mãe e da prostituta, de forma simples, humana. Quase dá para a gente ajudar a Sara a dar uns catiripapos na escrava atrevida, em uma cena de ciúme de Abraão. Que raiva me deu da "vdia"...rsrs
Rebeca já mostrou de cara que seu futuro não seria bom, por causa de sua “condição social”...rs. E o medo dela era casar com “um homem de rugas fundas e olho de cobra". Rachei de rir...rs. A ambição dela era normal, como uma mulher comum. Ele já quis mandar o criado “engolir” o bracelete de prata, mesmo cravejado de pedras verdes (devia ser esmeraldas... será?), por que o bobo disse que o mesmo era uma réplica do bracelete de ouro de Sara, a mãe do pretenso noivo... Normal e comum, em todos os tempos.
Agora, a Raabe foi realmente corajosa. E existem muitas delas por aí. Tanto de coração puro, como...