Volta ao Mundo Vampírico



O mundo inteiro tem sua lenda de vampiro. O mito do Conde Drácula só ficou popular após o livro de Bram Stoker e posteriormente, graças ao cinema. Confira alguns nomes de vampiros mais comuns em alguns lugares do mundo:

ÁFRICAAsambossam ou Asanbosam
Origem: África
Aparência: Possuem cascos no lugar dos pés
Particularidade:  Mordem no polegar.

ASSÍRIA - Ekiminus, espíritos malígnos invisíveis e capazes de possuir humanos.
Origem:  Assíria
Aparência:  Metade fantasma e metade vampiro, são invisíveis.
Criação:  Sepultamento impróprio.
Particularidade:  São espíritos malignos.
Forma de Destruição:  Usando armas de madeira ou exorcizando.

BULGÁRIA - Krvopijac ou Obours
Origem: Bulgária
Aparência: Tem apenas uma narina e uma língua pontiaguda
Particularidade: Podem ser imobilizados se forem colocadas rosas em seus túmulos.
Forma de Destruição: Conjurando uma palavra mágica em uma garrafa e essa for atirada em uma fogueira.

CHINA - Nome: Ch'lang Shih
Origem:  China
Aparência: Tem uma forma imaterial que se parece com fogo fátuo
Criação:  Se um gato pula sobre um cadáver
Particularidade:  Tem um bafo venenoso e se encontra uma pilha de arroz, deve conta-los.

CRETA - Kathakano
Origem: Creta
Aparência: Pele branca, olhos arregalados e caninos pontiagudos.
Forma de Destruição:  Decaptação e ferver a cabeça em vinagre.

ESCÓCIABuh-Van-She ou Boabhan Sith, uma sincrética fada-demônio.
Baobbhan Sith - Aparência: Uma mulher jovem; 
Particularidade: É uma fada-demônio que dançará com o homem até ele se esgotar aí se alimentará deste.
Forma de Destruição: Ferro frio.

EUROPA MEDIEVALInccubus - Origem: Europa;
Aparência: Podem apresentar a aparência de qualquer pessoa.
Particularidade: É a versão masculina do Succubus. Se alimentam da energia usada durante o ato sexual, mantêm relações com suas vítimas até ficarem exaustas.

GRÉCIA - Lâmias, ” (…) gênios femininos que atacavam os jovens sugando-lhes o sangue.” [1]
Origem: Roma e Grécia
Aparência: Só mulheres e metade humanas e metade cobras.
Particularidade: Também comem a carne de suas vítimas.
Forma de Destruição: Podem ser destruídas com armas normais.

INDIA - Baital
Aparência:  Metade homem e metade morcego
Particularidade:  Mede um metro e meio de altura
Rakshasa, a feiticeira vampira e os seguidores da magia negra da deusa Kali, os dakinis;
 Aparência: Uma feiticeira humana com características animais ou animal com características humanas sendo o lado animal um tigre
Particularidade: Comem a carne de sua vítima
Forma de Destruição: Fogo extremo, luz solar ou exorcismo

IRLANDA - Dearg-Dues ou Dearg-Due
Origem: Irlanda
Aparência: Normal e não mudam de forma
Particulidade: A lenda foi criada pelos Druídas
Forma de Desruição: Quando mortos deve ser depositadas pedras sobre seu túmulo.

JAPÃO - Kappas - O kappa é uma criatura do folclore e mitologia japonesa, mais inteligente do que o oni. Não é completamente malévola e pode ser apaziguada pelo homem. Alguns dizem que o kappa é de origem ainu, outros que descende do macaco mensageiro do deus do rio; possuem uma reetrância na cabeça, que se for derramada, faz com que o Kappa perca seus poderes. Vivem em rios, lagos, lodos. São considerados vampiros, e a se alimentam pelo ânus das vítimas. Adoram sangue e pepinos. Dizem alguns que eles podem perseguir e violentar as mulheres que se banharem em rios e lagos onde habitam.

Yuki Onna - Conhcida como A Mulher de Neve é um espírito branco, lívido e fantasmagórico, que costuma aparecer durante as tempestades de neve e que embala os homens até que eles adormeçam e/ou morram. É jovem e bonita, como a maioria das dames blanches do folclore europeu ou mulheres de branco, de Brasil e Portugal. Não existe muita conexão com o vampiro tradicional, mas a menção a Yuki Onna é muito comum em animes.


ROMA – Strigolius
ROMÊNIA, VALÁQUIA, CÁRPATOS - Nosferatu e Drakul.

RÚSSIA - Viesczy
SÉRVIA - Vlokoslaks ou Mulos
TURQUIA – Goles

FONTES:  
Dicionário de mitologia greco-romana. São Paulo: Abril Cultural, 1973.
O Livro dos Vampiros, J. Gordon Melton.
Share:

0 comentários: