Pat Kovacs - Raptores II

No segundo episódio de 'Raptores', Pat Kovacs coloca em destaque o metamorfo Aaron, que tem o dom de se transformar em um lince ibérico

Raptor é o encantado que se tornou guardião de um território, sejam selvas, florestas ou águas. Encantado é um ser antropomórfico que “surge” em meio a ninhadas naturais. Um Reino à parte, uma unificação de todos os Reinos terrestres. Meio homem, meio animal, o Encantado pode assumir tanto uma forma como outra. Dispondo da magia natural, é capaz de plasmar seu próprio corpo ou outras formas materiais de acordo com sua conveniência.

Raptores é uma novela composta de 3 episódios independentes, porém intercalados, tendo cada episódio seu próprio protagonista, sua trama e seu cenário. É uma ficção fantástica destinada a jovens adultos, especialmente ao público feminino.

O segundo episódio de Raptores, de subtítulo “Príncipe Encantado”, o homem-cerval Aaron é o protagonista, fazendo par com Saron, filha de uma família wiccana e considerada a representante da Grande Mãe.

Aaron é um Encantado proveniente do lince-ibérico ou lobo-cerval, por isso o nome “homem-cerval”.

“Príncipe Encantado” é um título irônico, mas a história não deixa de flertar com os contos de fadas. Ainda seguindo a mesma temática de Raptores I, a conscientização ecológica, esse episódio mostra a preocupação na preservação da natureza através da religião e da magia.


Saron é uma jovem de dezessete anos que nasceu sob uma data auspiciosa, fazendo dela, diante de seu clã, a representante da Deusa ou Grande Mãe da mitologia celta. Segundo determinada lenda acreditada pelo clã, um casal de antigos deuses gêmeos renascerão para recompor o equilíbrio natural da Terra, e esses deuses deverão nascer através dos representantes da Deusa e do Deus Cornífero ou Deus Sol. O problema é que o clã escolheu errado o representante do Deus Sol e 2.500 anos de espera poderá ser perdido quando Sarom for entregue ao homem errado.

Aaron vive o ápice da adolescência nos padrões dos Encantados e situações típicas acontecerão, desde o amor à primeira vista até o confronto com os pais, neste caso representado por Blasco Uchoa, mestre do jovem Encantado.

Uma viagem leva Aaron, Uchoa e Luzmarina até a cidadezinha (fictícia) de Miramar, uma comunidade encarapitada nas montanhas do norte da Península onde o jovem homem-cerval encontrará Saron, sendo irresistivelmente atraído pela energia emanada dela, gerando um conflito de interesses entre o jovem casal e a família da moça.

Esse episódio trás o amor adolescente e a impossibilidade de ser vivido e a magia das religiões antigas, nos ritos de amor, fertilidade e culto às forças da natureza. A lenda é verdadeira e se descobre que Aaron é o verdadeiro representante do Deus Sol, mas que não é aceito pela família de Sarom, que não acredita em tal possibilidade. O jovem casal é separado e todo o ritual de unificação poderá ser arruinado quando Sarom for entregue ao falso representante.


Aaron se rebela contra seu mestre e parte de volta para a pequena Miramar. Ao chegar, encontra-se com a Raptor da região, a mulher-gato-bravo Sanka, e esta o inicia aos conhecimentos sobre magia e mundo astral. E, graças à Sanka, Aaron consegue impedir o ritual que entregaria Sarom ao falso representante, durante a Lua Obscura de Samhain, assumindo o seu lugar ao lado dela. Ambos se unem e juntos concretizam a lenda. Na primeira noite de Lua Obscura, no dia de Samhain, as portas do mundo dos mortos é aberta e uma reação energética em cadeia trás a unificação de todos os Reinos, iniciando uma nova Era que despertará a consciência cósmica dos homens, trazendo um novo equilíbrio à Terra.



E NA AMAZON, clicando ABAIXO:


Share:

0 comentários: