Michael Koryta - Um rio muito frio



Um livro bem diferente, com um tema igualmente original: Uma água mineral assombrada.

O livro nos prende do início ao fim, pois não é sempre que nos deparamos com tal premissa: Beber água e viajar no tempo. Ou ver alguma coisa que não é deste mundo. Ou, pior ainda, passar por uma experiência traumática, aterrorizante e viciante, tudo a um só tempo.

O que dizem na contracapa, sobre lembrar Stephen King, não é tão verdadeiro, o que não desabona de modo algum o livro: Ao contrário, "Um rio muito frio" pode ser ainda melhor que muitos dos livros de King. Por quê? Porque S. King, ultimamente pelo menos, anda decepcionante com muitas das suas bizarrices e finais infelizes.


O livro de Michael Koryta traz uma história cheia de mistérios e por quês, um terror sobrenatural que paira como uma névoa, gelado, sobre a vida do protagonista, um personagem que existiu (ou ainda existe?)e  passará a assombrar os leitores, uma cidade do interior linda mas estranha e uma aventura final de tirar o fôlego.

Além disso, o pano de fundo (na vida de Shaw) é sua história de amor malfadado com Clair. Seu casamento infeliz... mas calma, nesse livro tudo é possível, até ele rever Clair e... sem spoilers.



O que fica evidente, é que o autor Michael Koryta foi extremamente feliz no desenrolar da história, que não cansa em momento algum. Talvez, em alguns capítulos, quando há uma revisitação do passado (ao se contar a história de Campbell Bradford e sua influência) e ao gosto inusitado da velha Anne, amante da meteorologia. Mas fora esses trechos, o resto é só suspense e aventura.

Fiquei extremamente angustiada por Shaw, para vê-lo sair daquele enrosco, torci para que Clair voltasse à sua vida, tive pena da idosa Anne, peguei nojo de Josiah Bredford e me revoltei com a presença maldita da assombração...

Enfim, um livro bem escrito, com todos os ingredientes para deixar o leitor satisfeito.

Nota: As descrições sobre tornados e tempestades foram curiosas (ainda bem que no Brasil isso não existe) e o que se conta no livro sobre isso é de arrepiar... Torço para que um tornado ou ciclone jamais passe por nossas terras.

Um livro que recomendo!

Share:

5 comentários:

Lady Sybylla disse...

Achei o livro bom, mas meio blégh. Esperava mais. Achei que ele não assustou o tanto que prometia. O vilão poderia ter sido mais bem trabalho, tanto quanto o final.

Só uma correção. No Brasil temos sim ocorrências de tornados. Em especial no sul do país.

Abraço!

momentumsaga.com

Jossi Slavic Genius disse...

Olá!
Pois é, gostos não se discutem. Eu gostei e muito!
Quanto a tornados no Brasil, podem até ocorrer, mas eu nunca vi nenhum assim tão "poderoso" do tipo que causa devastações tremendas - como os que ocorrem na América do Norte, Europa, etc. É a esses que me refiro!
;)

charles da silveira disse...

sou muito fa de stephen king mas esse me surpreendeu mesmo bom enredo boa historia recomendo

charles da silveira disse...

sou muito fa de stephen king mas esse livro me surpreendeu historia muito boa enredo excelente recomendo

charles da silveira disse...

sou muito fa de stephen king mas esse livro me surpreendeu historia muito boa enredo excelente recomendo