Robin Cook - A Invasão



Thriller instigante que narra a busca da origem de um vírus mortal e misterioso que ameaça a vida na Terra. A origem da estranha doença pode vir de interferências alienígenas, interessadas em desestabilizar nosso planeta. Livro que deu origem a minissérie de TV. 

O QUE ACHEI:
Um dos melhores livros de Cook, e quiçá, da literatura de ficção científica. Pena que alguns detalhes tornaram a trama ágil e bem escrita em algo menor.

A história terá um grupo de personagens principais, que viverão até o final, mas três protagonistas - pelo que deu para entender. Eu gostei principalmente de Cassie e Pitt, mas também torci pelo policial Jesse e do garotão, Jonathan.

Pelo que deu para entender, apesar da história ter pontos fracos, o enredo (para a época em que foi escrito) tem um apelo muito grande e uma excelente trama, original e bem amarrada. Talvez por isso tenha ganhado uma versão em minissérie televisiva pelos norte-americanos.



Gostei da maneira como Robin Cook desenvolve todo o embasamento científico da "invasão alien", muito diversa de outros trabalhos com essa temática. Ele usa a medicina de uma forma muito inteligente, e apesar de alguns leitores terem reclamado dos termos científicos, eu não achei desagradável. Pelo contrário, dá para se aprender alguma coisa de biologia, dependendo do gosto do leitor.

Eu só achei o final muito brusco... Talvez fosse mais interessante se ele tivesse dado uma ideia - só uma ideia - do que aconteceu com o mundo, pós-invasão... Mais não dá para dizer, para não entregar o jogo e não quero tirar o gosto de quem vai ler esse ótimo livro.

Como sempre, Robin Cook soube cativar os leitores, criando uma trama  boa (com clichês, sim, mas e daí?), com a ciência dando um suporte perfeito para tornar tudo mais crível, com personagens bons e sem perder-se em infinitas divagações (como algumas tramas psicológicas mais modernas). Acho que é isso que importa, num thriller de ação e ficção: Ir direto ao ponto, mas com um bom desenvolvimento e certa elegância narrativa.

Share:

0 comentários: