Jessica Verday - Trilogia das Sombras 2 - Essencias

2º Livro da Trilogia das Sombras – Jessica Verday


Livro 2 - Essências - Jessica Verday
Título Nacional: Essências
Ano de Lançamento: 2012
Páginas: 472 páginas
Editora: Rocco
Tradutor: Fal Azevedo

Título Original: The Haunted
Ano de Lançamento: 2010
Número de Páginas: 467 páginas



Sinopse: Determinada a esquecer Caspian, o menino misterioso por quem se apaixonou – e que está morto –, Abbey tenta se concentrar nos deveres de casa atrasados, na criação de seus perfumes e em sua amizade com Ben. Mas Caspian não tem outra escolha a não ser voltar para sua amada, pois eles estão ligados não só um ao outro, mas também à cidade de Sleepy Hollow e a uma famosa lenda que selou suas sinas, e cujos significados obscuros eles estão apenas começando a entender.

O QUE ACHEI:
Outra sucessão de inverossimilhanças.

A menina Abbey irá passar uma temporada com sua tia, para sarar da sua "doença mental" (que todos julgam serem resultado de seu choque pela perda de Kristen). Mas ela voltará a reencontrar Caspian, seu amado... como em outro livro que li, a heroína que se apaixona pelo Gasparzinho aqui é a tônica do livro. Mas isso não é tudo: O final é um pouco mais assustador que o final do livro 1.

Outra série bizarra, que talvez agrade às adolescentes, mas não me agradou. Em certos trechos a história é extremamente monótona, arrastada, chata. E em outros, bizarra demais.
Inicialmente, a gente sente certa pena da protagonista, o que não demora a se transformar em irritação, diante de tanta "fragilidade". Poxa, tudo bem ser sensível, mas a mórbida fascinação dessa garota por cemitérios e a fixação na morte da amiga parece demais para o meu gosto!


Finalmente, o rapaz (ou deveria dizer fantasma do rapaz?) Caspian, ressurge e quando achamos que as coisas poderão tomar um rumo mais... normal... tudo voltará a se complicar. Sinceramente? É difícil ler algo desse tipo sem rir ou pensar nos absurdos que a autora quer que sejam encarados com naturalidade! Apaixonada por um fantasma, tudo bem. Mas daí a tornar a coisa "séria", comparecer a encontros com ele no cemitério, admirar seu "belo torso nu" e coisas do gênero? Uma série bizarra demais.
Vamos ver o que vai nos reservar o terceiro livro (que, espero, seja o último!).


Share:

1 comentários:

Pat Kovacs disse...

A capa não me agradou. Ficaria muito bem num livro independente, em que o autor não tem grana pra bancar foto exclusiva e um designer profissional para fazer,mas não como a capa de um livro lançado por uma das maiores editoras do país!
E a sua desanimadora resenha não ajudou a melhora a impressão. Realmente, é uma história bizarra, certamente por ser muito mal trabalhada. E, pior ainda, é trilogia?!
Lamentável que a Rocco lance esse tipo de literatura descartável e faça tanto doce para publicar algum nacional.
Sabe o que eu acho? Que esses títulos-lixo vem de brinde com algum livro bom que as editoras adquirem o direito de publicação. Se não for isso, é apenas FdPutice mesmo.