L. J. Smith - Diarios do Vampiro - Livro 1


Diários do Vampiro: Tão bom assim ou apenas um modismo caindo no hanking dos mais lidos?


Irmãos e inimigos mortais, Damon e Stefan Salvatore são assombrados por um passado trágico. Vivendo nas sombras desde a Renascença italiana, eles estão condenados a uma vida solitária: são vampiros. Séculos mais tarde, o destino parece levá-los a percorrer o mesmo caminho que um dia os conduziu àquela vida amaldiçoada e eterna.

Em Fell´s Church, na Virgínia, Stefan conhece Elena Gilbert, uma adolescente bela e popular. No encalço de Stefan, Damon procura vingança, e logo Elena se verá divida entre os dois irmãos - e entre o amor e o perigo.
"O Despertar" é o primeiro volume da série best seller Diários do vampiro, de L. J. Smith.

O QUE ACHEI: 
O primeiro livrinho não chegou a me impressionar. Como não sou do tipo que vai correndo às livrarias, atrás de "novos lançamentos", estou com vários bestsellers desse gênero aqui, na minha infinita pilha "a ler". Quando todo mundo já leu, eu ainda nem sei do que se trata, por estar enfronhada em alguma outra leitura que me chamou mais a atenção (no momento, estou mergulhada nos livros "Romances em Fragmentos", da Pat Kovacs, e "Diablo III, a Ordem", baseado nos jogos de mesmo nome).
Bem, esse primeiro do DV, da L. J. Smith prometia muito, mas... é outro com vários clichezinhos já bem cansativos para quem está acostumada a ler litfan. Vampiros, apesar de todo mundo falar mal deles (do tema deles), eu ainda gosto, e ainda consigo ler assistir filmes sobre... Mas não sei até quando. Quero terminar essa famosa seriezinha, para depois fazer resenha completa. Quanto ao seriado de tevê, só cheguei a assistir o primeiro e o segundo episódios, e não me impressionou, não.

 Por todo o marketing feito em cima, por toda publicidade e por toda a fama, esperava coisa mais substanciosa. Bem, é romance adolescente, e para esse público, é uma boa história.



Com os mesmíssimos elementos de Crepúsculo (que parece ter semeado uma onda de histórias de jovenzinhas belas e disputadas pelos rapazes mais lindos do mundo, que possuem os mais diversos "poderes"), Diários do Vampiro pelo menos cumpre o que promete. Tem um triângulo amoroso, tem um clima gótico-sombrio com um bom suspense e alguma ação, pelo menos no final do primeiro livro (que foi o que li, espero ler o restante da série).

Um livro razoável. Ação lenta, que melhora no final... personagens que, de início parecem superficiais e levianas (Elena e suas amigas); rapazolas briguentos; e dois vampiros interessantes, sendo um bom e outro malvado.

Share:

0 comentários: