Filme - Quadrilogia 'O Exterminador do Futuro'

1 - O Exterminador do Futuro

Ano: 1984
Direção: James Cameron
Elenco: Arnold Schwarzenegger, Michael Biehn, Linda Hamilton
Gênero: Ficção científica, Suspense
Nacionalidade: EUA

----------
Num futuro próximo, a guerra entre humanos e máquinas foi deflagrada. Com a tecnologia a seu dispor, um plano inusitado é arquitetado pelas máquinas ao enviar para o passado um andróide (Arnold Schwarzenegger) com a missão de matar a mãe (Linda Hamilton) daquele que viria a se transformar num líder e seu pior inimigo. Contudo, os humanos também conseguem enviar um representante (Michael Biehn) para proteger a mulher e tentar garantir o futuro da humanidade.

 


2 - O Exterminador do Futuro 2

Ano: 1991
Direção: James Cameron
Elenco: Arnold Schwarzenegger, Linda Hamilton, Edward Furlong
Gênero: Ficção científica, Suspense, Ação
Nacionalidade: EUA, França

--------------
O Exterminador do Futuro 3 - A Rebelião das Máquinas

Ano: 2003
Direção: Jonathan Mostow
Elenco: Arnold Schwarzenegger, Nick Stahl, Claire Danes
Gênero: Ficção científica, Ação
Nacionalidade: EUA, Reino Unido, Japão, Alemanha

A primeira batalha entre os humanos e a inteligência artificial da empresa SkyNet está prestes a ocorrer. Na intenção de eliminar John Connor (Nick Stahl), um dos líderes dos humanos, as máquinas enviam um novo ciborgue exterminador em seu encalço: T-X (Kristanna Loken). Para protegê-lo mais uma vez o ciborgue T-800 (Arnold Schwarzenegger) volta à cena.

-----------------------
4- O Exterminador do Futuro - A Salvação

Ano: 2009
Elenco: Christian Bale, Sam Worthington, Anton Yelchin
Gênero: Ficção científica, Aventura, Ação
Nacionalidade: EUA, Reino Unido, Alemanha

2018. John Connor (Christian Bale) é designado para liderar a resistência humana ao domínio das máquinas, coordenadas pela Skynet e seu exército de exterminadores. Um dia surge Marcus Wright (Sam Worthington), cuja última memória que possui é de estar no corredor da morte. Connor precisa descobrir se Wright foi enviado do futuro ou resgatado do passado, ao mesmo tempo em que a Skynet prepara seu ataque definitivo.

--------
O QUE ACHEI DA QUADRILOGIA:

Indiscutivelmente, esses filmes foram a alegria da minha adolescência, juventude e até hoje me empolgo com a lembrança deles. Pena que já vi todos (ou quase), e quando tento rever o primeiro filme, em que Schwarzenegger faz o inimigo - só nesse filme - acabo achando tudo muito primitivo. Mesmo assim, para a época era o melhor da arte cinematográfica em efeitos espceciais de ficção científica. 

 Sarah Connor é a heroína perfeita, no meu entender: Mulher, cidadã e acima de tudo, mãe, ela vai sofrer horrores para manter seu filho único a salvo de tudo, enfrentando o inferno com todos os seus androides. E Linda Hamilton, sobretudo no segundo filme, tem uma performance espetacular: Sofre de todos os lados, acusada de loucura, presa... e nunca deixará de se preocupar com o filho.

Bem que a personagem merecia um seriado só dela - "Crônicas de Sarah Connor" - que, infelizmente, acabou cancelado. Pena.

O terceiro filme tem o sempre presente Schwarzenegger, impecável, forte, bonitão e protetor. Sempre em destaque e mostrando que os filmes da série são bons quase exclusivamente graças a ele. O enredo aqui repete a história dos androides futurísticos, mas inova na tecnologia e nos efeitos, claro. A mulher-robô é convincente, a ação tira o fôlego e os atores são muito bons.

Não assisti o último da série, pelo motivo óbvio: Não tinha o Schwarzenegger. Tentei assistir, mas parei mais ou  menos na metade... Pena não trazer o principal impulsionador da série, aquele que personificou, nas mentes de todos os apaixonados por ficção, o androide másculo que veio do futuro. 

 
 Será que ainda tem chances de Schwarzenegger voltar num próximo filme desta mesma série? :D

Share:

5 comentários:

Arismeire Kümmer Silva disse...

Eu assisti a todos os filmes do Exterminador, mas sem dúvida o primeiro é o melhor :-) Lembro quando fui ao cinema e quase morri de agonia durante a perseguição, até que no fim o mocinho infelizmente morre, mas o exterminador também...até o filme 2.
Bj, Aris

Jacque disse...

Eu sou fã da série, mas não considero o quarto filme. Não me parece certo. E a única coisa realmente interessante do terceiro filme é o Schwarzenegger. Tirando ele e os efeitos, o roteiro é ruim (matar a Sarah Connor com uma doença como o câncer é de mais de ruim!) e conseguiram estragar o John Connor, que virou um franguinho.
Realmente, para assistir o primeiro você tem que relevar bastante coisa, mas se você pensar que tudo aquilo foi criado com 8 milhões, é de se admirar!

Jacque disse...

Eu sou fã da série, mas não considero o quarto filme. Não me parece certo. E a única coisa realmente interessante do terceiro filme é o Schwarzenegger. Tirando ele e os efeitos, o roteiro é ruim (matar a Sarah Connor com uma doença como o câncer é de mais de ruim!) e conseguiram estragar o John Connor, que virou um franguinho.
Realmente, para assistir o primeiro você tem que relevar bastante coisa, mas se você pensar que tudo aquilo foi criado com 8 milhões, é de se admirar!

Amor e Livros disse...

Oi, Aris!
Então, toda a série fica marcada na memória da gente, né?
Para a época, foi o máximo, rs.
:)

Amor e Livros disse...

Olá, Jacque!
Pois é, o quarto filme foi um fiasco. Eles nem deviam ter inventado, se não podiam colocar alguma coisa decente nas telas. Já o terceiro filme, eu discordo, rs... Gostei (pelo menos, na época em que estreou), apesar de sentir falta da Sarah Connor, que merecia ter voltado às telas e continuado firme. Afinal, não fosse ela, o mundo todo teria ido pelos ares, :)