J. D. Robb - Serie mortal 3 - Eternidade Mortal

Eternidade Mortal - Série Mortal - Livro 3 - J. D. Robb

Pandora é uma das top models mais importantes e desejadas do planeta: tem beleza, fama, dinheiro, poder, prestígio, amantes e contatos. Mas tudo isso deixou de fazer sentido, pois ela está morta. A modelo foi brutalmente assassinada com um bastão de prata, arma abandonada no local do crime. Seu rosto, de uma perfeição impressionante, desapareceu completamente ao ser esmagado e mutilado pela força de uma série de golpes ferozes e cruéis. Ninguém sabe quem foi o autor do crime, mas todas as suspeitas pairam sobre Mavis — a melhor amiga de Eve. A tenente não poupará esforços para inocentá-la e encontrar os verdadeiros culpados.

O QUE ACHEI:
O terceiro livro da série, começou de uma maneira um tanto cansativa, quando Eve vai procurar um estilista para o seu vestido de noiva (vai se casar com Roarke), a conselho de sua inseparável amiga, Mavis. E é justamente Mavis quem se meterá numa consusão terrível, com super modelos internacionais que iam desfilar os modelos de Leonardo, o estilista (e seu namorado).

Pandora, uma das mais lindas modelos, aparece morta, com o rosto moído. E Mavis está no local do crime...

A perícia de Eve é posta à prova, e um pouco da paciência do leitor, também. Não gostei tanto desse livro, pois o mergulho no mundo das drogas (drogas do futuro, mais sofisticadas porém tão letais quanto as de hoje), torna as investigações cansativas e cheias de lugares-comuns - pessoas malucas por uma dose, pessoas enlouquecidas, intermediários entre vendedores e "clientes", viciados e viciadas que dariam a vida por mais uma dose... Enfim, eu não curto nada de drogas, e acho super baixo astral esse "mundo".

Mas os assassinatos continuam, e dessa vez, Eve, que contará com a ajuda da policial Delia Peabody - que acompanhará a tenente em várias aventuras - escorrega feio nas investigações. E não fosse por um golpe de sorte, teria sido mais uma vítima.

Questionei a habilidade de Eve, quando vi que ela não teria descoberto nada, e sem sua grande forma física... baubau.

Mas de modo geral, o livro foi bom. Nota 8,0.







Share:

0 comentários: