Jossi Borges - Escravos da Paixao

 
Sul do Brasil, 1810

Prisciliana é a filha de um senhor de engenho, e vive sua vida pacata cercada pelos familiares e escravos que são propriedade de seu pai.

Envolvida pelas doces palavras de um vizinho, ela não imagina que o destino lhe preparara não apenas uma decepção, mas também uma surpresa maravilhosa. Miguel, o jovem lisboeta, é quem leva Prisciliana a desejar o amor, e depois, descobri-lo em outro homem.

O Sr. Francisco, cruel feitor de escravos, surge na vida de ambos, e sem saber, Prisciliana passa a debater-se em dúvidas. Pois tanto quanto a repulsa, Francisco também lhe provoca estranhos sentimentos, pensamentos e desejos. Qual desses homens trará a verdadeira felicidade para o coração apático e sofrido de Prisciliana? Ela poderia entregar-se de corpo e alma a Miguel? Ou teria o maligno Francisco algum tipo de magia em seu poder, para fazê-la pensar nele de maneira tão obsessiva?

~~~~~~~~~~
Eu estava para enviar esse livro para publicação há algum tempo... Foi um dos romances que apenas algumas amigas leram - o texto enviado antes da publicação, rss...  E, segundo elas, é bom, o romance. Bem, romance um pouco meloso, na minha opinião. Mas enfim, está publicado. Se vocês gostam de romances "rosa", fiquem atentas às notícias do blog e do nosso Twitter.





Share:

2 comentários:

Aris disse...

Eu gostei da sinopse. Fiquei bem curiosa :-)
Por mim, nunca gosto dos mocinhos cem por cento corretos. os maldosos, qdo mudam por amor, são bem mais interessantes.

Jossi Borges disse...

Aris, eu talvez faça um sorteio com um exemplar desse livro, em breve!

Vamos ver para meados de abril, de 2012.
:)