Antologia infanto-juvenil - Pocoes, Encantos e Assombracoes

AMOR&LIVROS DIGITAL APRESENTA:

POÇÕES, ENCANTOS E ASSOMBRAÇÕES

Lançada inicialmente na nossa tradicional versão e-book, a antologia vem com 7 contos, 1 poema e 1 história em quadrinhos. O destaque vai para o autor estreante Hector Martins, de apenas 12 anos, que nos brinda com o poema O Guerreiro e o Mago, e para as belas ilustrações de Snake Eye's.

Ficha Técnica:
Ebook em formato PDF
R$ 10,00
89 páginas
Capa e ilustrações coloridas exclusivas

Resumo de cada conto:
Para começar, vamos falar do visual da antologia: a capa e as ilustrações internas são exclusivas, feitas excepcionalmente para a Poções, Encantos & Assombrações. Em seguida, vamos dissecar cada um dos elementos presentes na obra.

QUASIMODO - CELLY MONTEIRO
Com o lirismo e a fantasia de Celly, ela nos brinda com um conto melancólico sobre uma criança muito especial que é vítima e refém de uma benção não adestrada. Uma criança capaz de causar tormentas e catástofres quando se sente magoada e triste, mas não o faz por mal, o faz porque não sabe como controlar o seu dom. O resultado disso é o ódio e animosidade do pessoal que vive na ilha, criando aí um ciclo vicioso de ódio-mágoa-tormentas.

OS SENHORES DA NOITE - CELLY MONTEIRO
Neste conto a narrativa de Celly é mais leve e divertida. Ela aborda a eterna richa que existe entre cães e gatos e quando estes, por um capricho do coração, podem vir a se tornar bons amigos. No caso, a Fantasia faz com que tais cães e gatos sejam mais do que isso, sejam seres licantropos que, à noite, assumem ou a forma humana ou a forma animal.

O GUERREIRO E O MAGO - HECTOR MARTINS
Poema de cunho medieval, em que o bravo guerreiro bárbaro enfrenta um poderoso mago para salvar a princesa da prisão em que estava.

FÉRIAS DE VERÃO - MAYA BLANNCO
Este conto foge à regra da fantasia proposta pela antologia, trazendo-nos um episódio hilário contado pela protagonista em seu diário, sobre um casamento que deveria ter-se realizado em pleno carnaval, não fosse por um bloco de bichas invadirem a cerimônia, causando grande confusão e fazendo todos pararem na delegacia.

O MUIRAQUITÃ - JOSSI BORGES
A Jossi tem os dois pés no folclore brasileiro e, o resultado disso, é que ela nos presenteia com mais um conto em que fala de lendas e criaturas fantásticas brasileiras.
O Muiraquitã é uma pedra lendária que permite o seu portador ter uma visão do rosto de quem ele se casará, oferecido pela mãe d'água Iara, bastanto ir até um rio onde ela esteja, à meia-noite. Porém, o conto não roda entorno disso, que seria algo mais romântico, mas roda entorno das traquinagens do Saci, que vem castigar duas más amigas que invejam a protagonista. Outras criaturas fantásticas do nosso folclorem também aparecem no conto, como a Mulher de Branco, um fantasma sem cabeça.

CAÇADORES DE MONSTROS - JOSSI BORGES
O antagonista é Kensuke, um nissei que, em parceria com Manu, possui uma agência de caça-monstros, e neste conto ele enfrentará o Boitatá, tendo por plateia o sobrinho de Manu, Nestor, e seus dois amigos, Raphael e Kayla, sendo que Kayla descobrirá no final um terrível segredo sobre sua mãe.

3 BRUXINHOS E 1 GATO-LAGARTO - REBIS KRAMRISCH
Maria Flor, Nazaré e Irean são três crianças bruxas que vivem numa aldeia mágica com jeito medieval. São crianças muito levadas e, algumas vezes, irresponsáveis. Por não terem estudado para a prova na Escola de Magia, os três amigos passarão por várias situações constrangedoras, como ficar de castigo por um mês e virarem torrão por causa de Zappa, um gato-lagarto filhote que tem como missão cuidar dos três pestinhas - coisa que ele quase nunca consegue.

VOVÔ COVEIRO - REBIS KRAMRISCH
Um miniconto que descreve uma situação trágica presenciada por Tereza, que vivia no interior do Paraná com o avô Miguel, o coveiro de Cornélio Procópio.
Este conto participou do 1° concurso de minicontos do blog Masmorra do Terror.

AS PÉTALAS DOS SONHOS - REBIS KRAMRISCH
Poema em quadrinhos.

Para comprar acesse:

=================================================================
SOBRE OS CONTOS - RESENHA:

QUASÍMODO - Celly Monteiro: Uma encantadora história sobre uma criança com poderes fantásticos, que se passa em um reino distante. É um conto lírico, com um tom nostálgico e belo, quando a autora nos apresenta à vila medieval, aos habitantes e à graciosa criança, cujos poderes lhe rendem a antipatia e o ódio dos aldeões. 

Em OS SENHORES DA NOITE, Celly Monteiro novamente nos surpreende com sua grande criatividade, e há no conto, como no anterior, a mesma rica originalidade e um enredo de conto-de-fadas para agradar a jovens e adultos: Dois metamorfos em um encontro divertido.

Hector, em O GUERREIRO E O MAGO, escreve uma poesia inspirada nos muitos jogos de RPG com monstros, duendes, dragões e bruxos que ele costuma jogar. 

Maya Blannco com seu inegável talento, mostra mais uma vez que seus contos tem muito de divertidos, e tanto podem mostrar-se como portas para o mundo mágico, como curiosas aventuras realistas do cotidiano. Se conto FÉRIAS DE VERÃO é um exemplo desse último.

Eu, Jossi Borges, escrevi O MUIRAQUITÃ quando tinha entre quinze e dezoito anos, daí o tom apropriadamente juvenil. Naturalmente, antes de publicá-lo, revisei-o e alterei muitas coisas, inclusive no próprio enredo. O tema, fantasia baseada no folclore brasileiro, sempre me fascinou.

Em CAÇADORES DE MONSTROS tive uma boa inspiração após ter lido uma dezena de livros de R. L. Stine, um autor norte-americano que deve ter batido o recorde em quantidade de aventuras de terror escritas para jovens... Eu, é claro, coloco os mitos brasileiros no conto, valorizando um pouco mais nossa cultura.

Rebis Kramrisch é sempre surpreendente em seu estilo. Ora escrevendo com poesia e lirismo, ora colocando uma boa dose de aventura, desta vez ela mostra que também tem o dom de agradar os jovens. Lendo 3 BRUXINHOS E 1 GATO-LAGARTO eu me vi dentro de um universo deliciosamente colorido, um mundo que no fundo, todo adulto - além das crianças - gostaria de viver: Um mundo mágico, onde bruxos, monstros, fadas e criaturas estranhas convivem em harmonia.

Também de Rebis Kramrisch é o miniconto VOVÔ COVEIRO, que surpreende por falar muito em poucas linhas: Uma criança que nunca teve medo da profissão do avô, mas leva um susto quando algo acontece no cemitério - um local, que para ela, deveria ser sempre de paz e respeito.

E finalmente, Rebis Kramrisch também nos enleva com seu poema em quadrinhos, AS PÉTALAS DOS SONHOS: Doçura, graciosidade e poesia que encantam os sentidos.

Vale a pena a leitura desse e-book, que provavelmente, também será em breve lançado em papel.

QUER  FAZER O DOWNLOAD de um conto?

BAIXE AQUI "Três Bruxinhos e um Gato-Lagarto".





Share:

2 comentários:

Snake disse...

Ler resenhas diferentes de um mesmo assunto é muito interessante! Mais gente poderia fazer isso, né? rs
Bjo!

Jossi Slavic Genius disse...

Um de nossos melhores livros infanto-juvenis! Tem lugar de honra na minha estante. ;)